FGTI introduz Orientação Universitária para Estudantes do Primeiro Ano

O lema da UCM é  “Celebrando Qualidade e Inovação”, e a FGTI não está alheia a este princípio, razão pela qual não poupa esforços para criar e manter a boa imagem pautando pela qualidade de ensino.

Durante a semana de 22 a 26 de Abril do ano em curso, estudantes da Faculdade de Gestão de Turismo e Informática (FGTI) da Universidade Católica de Moçambique (UCM), primeiro ano, beneficiarão de uma Orientação Universitária (OU), a ter lugar na Sala Magna da Faculdade em Pemba.

A realização da OU é o culminar de um encontro havido no dia 17 de Abril entre o Conselho de Direcção e os Docentes da FGTI, no qual, dentre vários assuntos, destacou-se o balanço da avaliação das primeiras provas dos primeiros anos. A apreciação geral foi de que os resultados são satisfatórios para alguns cursos, mas alguns estudantes ainda precisam de ser integrados no mundo académico, razão pela qual os docentes e a direcção foram unânimes em introduzir no seu sistema de ensino a OU. Pretende-se com esta Orientação Universitária garantir que os estudantes do primeiro ano estejam preparados para esta nova etapa da sua vida estudantil.

Integram a OU matérias como Metodologia do Trabalho Intelectual, Ética e Moral, Português (leitura, escrita e gramática), como programar horários de estudo individual, como se comportar, que tipo de linguagem usar, saber estar e ser dentro e fora da Faculdade, ministradas por docentes da Faculdade.

Numa entrevista ao Director da FGTI, Dr. Lino Marques Samuel, sobre o decurso da Orientação Universitária, este afirmou que o primeiro dia correu sem sobressaltos e os resultados foram satisfatórios, pois houve uma grande adesão e participação dos estudantes, o que surpreendeu pela positiva, e motivou o capelão da FGTI. Acredita também que a orientação irá ajudar a diminuir as desistências e as anulações das matrículas por parte dos estudantes.

Lino Marques Samuel disse que a Orientação Universitária será adoptada como cultura da Faculdade e que nos próximos anos será introduzida como uma disciplina semestral para os primeiros anos, logo no início das aulas. Pois, o propósito é auxiliar o estudante a perceber o que é estudar no ensino superior, qual a metodologia de estudo usar, mas também, perceber as dificuldades dos estudantes de forma a facilitar o seu enquadramento no mundo académico – sublinhou o Director da FGTI.

FGTI inicia o Ano Letivo com novo equipamento

A Faculdade de Gestão de Turismo e Informática (FGTI) iniciou o presente Ano Letivo com muitas inovações, respeitantes ao apetrechamento da biblioteca com 10 novos computadores e 75 livros para diversos cursos lecionados na Faculdade, equipou igualmente uma das salas de informática com 10 novos computadores e os departamentos com novos laptops para o uso dos docentes nas aulas.

Para melhorar o sinal de internet a FGTI tem já a ligação de fibra óptica da Movitel com uma linha dedicada à Faculdade. Assim, com este novo serviço, a Faculdade providencia aos seus estudantes internet mais rápida e de fácil acesso. Para além destas realizações melhorou os gabinetes dos seus docentes com ar condicionado e novas secretárias.

No âmbito dos recursos humanos, conta novos docentes nos departamentos de Turismo e Meio Ambiente: os Drs. Marcelo Abias, Elísio dos Santos e a Dra. Nielete Amado. No departamento de Direito: a Dra. Ilda João. No departamento de Ciências Económicas: o Dr. Merinho Raimundo.

Biblioteca Sala Informatica Biblioteca

CNAC Dá Seminário para Garantia de Qualidade de Ensino Superior na FGTI

O Conselho Nacional de Avaliação de Qualidade (CNAC) realizou entre os dias 27 e 28 de Junho de 2012, na sala Magna da Faculdade de Gestão de Turismo e Informática em Pemba, um Seminário de discussão e aprofundamento de ideias acerca de modalidades para Constituição e Funcionamento das Unidades Internas de Garantia de Qualidade.

Este seminário Regional Norte, teve início as 9 horas do dia 27 de Junho com a entoação do Hino Nacional, seguida da Abertura do Evento que foi feita pela Directora Provincial da Educação de Cabo Delgado, Graziela Tembe e o Presidente do CNAC, Prof. Dr. Eduardo Sitoe.

Nesta palestra que tinha como objectivo capacitar membros designados das Instituições de Ensino Superior em modalidades de avaliação interna para poderem assegurar o sistema de controlo e garantia de qualidade do Ensino Superior, soube-se que os indicadores de Qualidade das Instituições de Ensino Superior são: a Missão Currículos, Corpo docente, Corpo discente, Pesquisa e extensão e Infra – estruturas.

As várias Universidades e Faculdades participantes, nomeadamente: UCM (Reitoria, FGTI, FEC e Delegação de Lichinga); Uni Lúrio de Nampula e Pemba; Universidade Pedagógica, delegação de Lichinga e Montepuez, Mussa Bim Bique (Nampula e Pemba); Academia Militar e o Instituto Cristão, apresentaram os seus feitos sobre avaliação de qualidade onde cada uma exaltou a Instituição que representava.

O Prof. Dr. Eduardo Sitoe , que presidiu o seminário falou das abordagens relativas às modalidades de constituição e funcionamento das unidades internas focando que a garantia de qualidade é a busca de excelência, garantia de maiores e melhores ofertas de serviços, dentre outros.

O evento terminou no dia 28 de Junho às 14 horas com palavras da Directora Provincial da Educação que ressaltou que os ensinamentos adquiridos neste seminário deveriam ser transmitidos para outros membros de Instituições de Ensino Superior, que não se fizeram presentes no seminário.

Relativamente aos membros da FGTI, participaram neste encontro, a direcção, os coordenadores de departamentos e o ponto focal de Qualidade, dr. Marcelino Mocola.